Salvem o planeta Terra

Foto de asteroide obtida por sonda japonesa mostra misterioso objeto esférico de 30 metros de diâmetro!

OVNI-esférico-sobre-asteroide-Itokawa

Desde seu lançamento em 9 de março de 2003, a sonda exploradora de asteroides Hayabusa percorreu sua jornada de 2 bilhões de quilômetros chegando a passar pelo asteroide Itokawa em 12 de setembro de 2005, assim conduzindo observações científicas desta rocha espacial.

Uma das imagens tiradas do asteroide Itokawa, o qual tem 540 metros de comprimento, mostra um objeto esférico misterioso, aparentemente sobre uma das extremidades da rocha espacial.

O site ufosightingshotspot.blogspot.com.br, postou um vídeo em espanhol retirado do canalMundodesconocido do YouTube e postulou as seguintes perguntas e argumentações:

O que seria este misterioso objeto que aparece em uma das fotos, e de onde ele veio?

Há pesquisadores dizendo que alguns dos asteroides são usados por alienígenas como postos avançados extraterrestres.

Por que o Japão está tão interessado neste grande asteroide ao invés de muitos outros?

Seria possível que o Japão descobriu tal posto avançado alienígena no asteroide Itokawa?

Talvez as respostas para estas perguntas possam ser mais simples do que se possa imaginar, mas o objeto que é mostrado em uma única de várias fotos do asteroide não deixa de ser misterioso.

Veja o vídeo em espanhol apresentado no YouTube, que mostra o objeto anômalo sobre o asteroide Itokawa:

 

 

Fonte do vídeo: mundodesconocido

EUA se prepara para o fim dos tempos, em setembro / 2015

Terra deve acabar em setembro, apontam teorias, mas EUA já estariam se preparando

asteroide

Teóricos da conspiração têm alertado que o Exército dos EUA tem praticado exercícios que seriam, na verdade, uma preparação para o caso de um asteroide colidir com a Terra e acabar com a humanidade.

No próximo mês, um grande treinamento militar chamado “Jade Helm” será realizado em vários Estados americanos com 1.200 soldados participantes, mas os detalhes de sua finalidade são escassos, de acordo com o jornal britânico “Daily Mirror“.

Agora, conspiradores estão ligando este exercício às suas previsões de que um enorme asteroide irá atingir a Terra em setembro deste ano.

Um blogueiro do site Whistleblower800, que afirma investigar a corrupção no governo dos EUA, disse ter descoberto a razão para o treinamento.

Ele sugeriu que o “Jade Helm” seria uma “apólice de seguro” no caso de um asteroide se chocar com a Terra e tumultos proliferarem pelo país.

Ele escreveu: “Se chegarmos até o outono, este terá sido apenas um exercício de treinamento. Se não, teremos tropas de prontidão para lidar com o que seria pandemônio e caos. Os militares vão atirar em nós, porque seremos vistos como tolos que se recusam a aceitar os sacrifícios necessários para salvar o nosso planeta“.

Vários blogueiros em sites de conspiração dizem ter previsto que a catástrofe iminente cairá em algum momento entre 22 e 28 de setembro.

Enquanto isso, teóricos bíblicos afirmam que o asteroide irá iniciar o arrebatamento e o início de uma tribulação –termo bíblico que descreve o período aflitivo que antecederia a volta de Jesus Cristo– de sete anos.

A Nasa fez sua parte e divulgou um comunicado para tranquilizar as pessoas de que nenhum objeto grande é esperado para bater no planeta em “várias centenas de anos”.

Um porta-voz disse: “A Nasa não conhece nenhum asteroide ou cometa atualmente em rota de colisão com a Terra, então a probabilidade de uma grande colisão é muito pequena. Na verdade, o melhor que podemos dizer, nenhum objeto grande deve atingir a Terra a qualquer momento nos próximos cem anos“.

Cientistas dizem  que a ciência diz é que o Apocalipse já começou, mas não é pra já. A agonia será lenta, alertam os  que preveem o fim por outros meios, como guerra nuclear, pandemia viral e mudança climática

Leia mais Nasa/JPL-Caltech

Asteroide passou a 300 mil km da Terra, diz a Nasa

 

O asteroide chegou a ficar mais próximo da Terra do que a Lua, cuja distância média do planeta fica em torno de 384 mil km.

[ i ] Asteroide passou pela Terra em uma distância menor que a da Lua.

Nova York – Cientistas da Nasa (agência espacial americana) confirmaram que o asteroide 2005 YU55 passou a 325 mil km da Terra nesta terça-feira, a distância mais próxima em fenômenos do tipo nos últimos 35 anos, e algo que deve voltar a ocorrer somente em 2028.

Embora a agência já tivesse descartado qualquer chance de colisão ou efeitos sobre placas tectônicas, por volta das 18h28 da costa leste dos EUA (21h28 em Brasília), o asteroide chegou a ficar mais próximo da Terra do que a Lua, cuja distância média do planeta fica em torno de 384 mil km.

Em diversos pontos dos EUA foram montados esquemas de observação. O 2005 YU55 só pôde ser visto com a ajuda de telescópios, e segundo a Nasa teve o aspecto de um ponto branco por trás de uma constelação de estrelas.

“É uma oportunidade fantástica de educar o público que há coisas no espaço sobre as quais precisamos nos preocupar”, disse Ron Dantowitz, diretor do Clay Center Observatory, no Estado de Massachusetts.

Com o tamanho de um porta-aviões, caso o objeto tivesse se chocado com a Terra, poderia abrir uma cratera de 6,4 km de diâmetro e 528 metros de profundidade. E se tivesse caído no oceano, teria provocado um tsunami com ondas de até 21 metros.

Asteroides são “sobras” da formação de sistemas solares há cerca de 4,5 bilhões de anos.

DESCOBERTA

Os astrônomos que estudam este objeto, classificado como um asteroide de classe C, dizem que é muito escuro, cor de carvão, e bastante poroso.

O 2005 YU55 foi descoberto em 2005 por Robert McMillan, do projeto Spacewatch, grupo de cientistas que observa o sistema solar perto de Tucson, Arizona (sudoeste).

O objeto faz parte de um conjunto de 1.262 asteroides grandes, que giram ao redor do sol e têm mais de 150 metros de largura, que a Nasa qualifica como “potencialmente perigosos”.

“Queremos estudar estes asteroides, de forma que se algum dia formos atingidos, saibamos o que fazer com ele”, disse Statler.

A passagem mais próxima que um asteroide fará da Terra será em 2094, a uma distância de 269 mil km, segundo as previsões.

Asteroide passou hoje apenas a 12.000km da Terra

 

trajetória do MD2011

Um pequeno asteróide passou hoje há 4 horas atrás pela Terra  a apenas 12,300 km … uma distância ridícula em todo o sistema solar, mas grande o suficiente para nos fazer a salvo de qualquer risco de colisão. (2011 MD, é o nome dessa grande rocha).O gráfico acima mostra a trajetória do asteroide  2011 MD durante vários dias. A parte inferior uma mostra a trajetória projetada no plano orbital da Terra e mostra o desvio devido à gravidade. (Near Earth objetcs Programa / NASA) , foi flagrado em 22 de junho no observatório de Socorro (México) pelo programa LINEAR (NASA / Força Aérea dos EUA) que monitora objectos próximos da Terra, NEOs.  Seu diâmetro é estimado em 5 a 20 metros . Sua órbita em torno do Sol é muito semelhante à da Terra, permitindo que ele se aproxime  sem representar um perigo dado o seu tamanho. O asteróide passou perto o suficiente da Terra de modo que sua trajetória foi desviada pela gravidade do planeta. Embora tivesse que  entrar na atmosfera da Terra, seria em grande parte destruído antes de chegar à superfície.  Foi às 17:14 UT (18:14 em França ) que o asteróide passou perto da Terra sobre o Oceano Atlântico Sul, em torno da Antártica, a cerca de 3218 km a sudoeste da África do Sul. MD 2011 não foi muito brilhante no céu dado o seu pequeno tamanho, moveu-se rapidamente e foi bastante difícil de observar por astrônomos amadores.

a trajetória do MD2011

Fonte: Le Nouvel Observateur – França

Tradução de Jorge Poggi

 

Asteroide passará muito perto da Terra em 08-NOV-2011

Asteroide 2005YU55 - foto NASA

O Asteroide 2005 YU55 vai passar a 0,85 da distância entre a Terra e a Lua em 08 de novembro de 2011,  com 400 metros de diâmetro. O evento apresenta uma excelente oportunidade para observações sinérgicas da sua superficie, incluindo pesquisa ótica, avaliações de radar e obtenção de dados de raios infravermelhos.

Continue lendo »

« Postagens mais antigas

Busca

O Autor

jorge poggi

Jorge Poggi, Carioca, Sagitariano, é Economista, Administrador de empresas, Ufólogo e Arqueólogo de campo amador.

gmail myspace facebook orkut twitter

Fale com o Jorge

captcha

  • Blogs e sites parceiros