Salvem o planeta Terra

O planeta Marte sofreu uma violenta explosão nuclear no passado remoto

O planeta Marte sofreu explosão nuclear

John Brandenburg, cientista chefe da Space Technologies Corporation, fabricante dos veículos espaciais para a NASA declarou recentemente que se sabe porque o planeta Marte é vermelho, e porque naquele planeta não há vida. É que, segundo os astrônomos, cerca de 180 milhões de anos atrás houve em Marte uma explosão nuclear violentíssima e daí que toda a vida  no planeta se transformou em areia seca, vermelha.

Graças aos últimos dados de espectrometria gama, descobrimos que na atmosfera marciana existem muitos isótopos radioativos, e a superfície do planeta é coberta com uma camada de substâncias radioativas como o urânio, tório, e potássio. O estudo da atmosfera e da superfície de Marte foram efetuados pela NASA.

A explosão ocorreu provavelmente em uma zona marítima de Marte chamada Atsidaliyskogo, onde existe agora o maior nível de radiação. Os cientistas sugerem que a forma como os objetos naturais tornam-se areia vermelha pontilhada com toda a superfície do planeta: A poeira subiu para a atmosfera – e assim o céu do planeta tornou-se  rosa pálido. O Dr. Brandemburgo está convencido de que algo semelhante poderia acontecer na Terra.
Tradução de Jorge Poggi
Fonte: MIGnews – Pravda.ru


Cientista da Nasa, morto, deixa depoimento sobre a vida em Marte

Assistam ao video, é auto-explicativo :

 

Russia MARS500, destino : Marte !

Uma palavra nova é lançada na Rússia: a Martenauta. Os seis membros do programa de simulação para uma visita a Marte iniciaram a terceira fase do experimento, ou seja, um pouso simulado em Marte seguido por uma caminhada  simulada no planeta Marte . A bandeira russa agora voará  firme e orgulhosamente no Planeta Vermelho!

43379.jpegO trabalho está em andamento na Rússia nos primeiros testes ativos da  fase de simulação do vôo espacial tripulado para Marte. A tripulação multinacional do programa Mars500 finalmente pousou no planeta vermelho e hoje deram seus primeiros passos fora da nave, depois de estarem dentro de uma nave espacial simulada por seis meses. Próximo alvo: uma missão para as mulheres em Marte!

Continue lendo »

Enormes cavernas descobertas em Marte

o "buraco" Joana

Cientistas planetários da Universidade do Arizona (USA) descobriram uma enorme “caverna” aberta em Marte, na encosta do vulcão gigante Arsia Mons. Muito perspicaz a visualização pois a  abertura gigante completamente redonda, combordas delicadamente recortadas, revela que a “caverna” é uma abertura artificialmente construída. É de fato uma porta de acesso a uma  instalação subterrânea.

Continue lendo »

Busca

O Autor

jorge poggi

Jorge Poggi, Carioca, Sagitariano, é Economista, Administrador de empresas, Ufólogo e Arqueólogo de campo amador.

gmail myspace facebook orkut twitter

Fale com o Jorge

captcha

  • Blogs e sites parceiros